Central de atendimento (51) 3748.7514
Plantão de Vendas (51) 99182.0669

Construtora e Incorporadora de Lajeado. Temos apartamentos ou casas nas melhores regiões. Prestações menores que o seu aluguel. Um imóvel certo para cada tipo de bolso.

Ligamos para Você Atendimento via E-mail

Minha Casa Minha Vida 3 terá nova faixa de renda

Nova etapa do programa será lançada no segundo semestre deste ano e cria facilidades para famílias com renda entre R$ 1,2 mil e R$ 2,4 mil

 

A terceira etapa do Minha Casa Minha Vida, prevista para ser lançada no segundo semestre, deverá facilitar a vida de famílias com renda entre R$ 1,2 mil e R$ 2,4 mil. A secretária Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Inês Magalhães, afirmou que será criada a Faixa 1- FGTS, na qual a família interessada poderá comprometer até 27,5% de sua renda com o financiamento da casa própria.

Nesta nova modalidade, a contrapartida dos governos estadual ou  municipal ou da poupança será de 20% do valor do imóvel. “Se uma família com renda mensal de R$ 1,6 mil comprar um imóvel de R$ 135 mil, por exemplo, necessitará de um subsídio de R$ 45 mil”, disse.

Atualmente, o Minha Casa Minha Vida tem três faixas de renda. Na primeira, para famílias que recebem até R$ 1,6 mil, o subsídio pode chegar a R$ 95% do valor do imóvel. Na segunda (até R$ 3.275 mensais), esse subsídio tem um teto de R$ 25 mil.

O ajuste se explica pela forte demanda na faixa 1, que acaba concentrando as contratações em famílias que recebem entre R$ 800 e R$ 900. Na prática, a nova faixa intermediária reduzirá as prestações destas famílias.

O governo também estuda adotar uma agenda sustentável para o programa. Algumas das medidas são ampliar a eficiência enérgica, reduzir o consumo de água e criar um sistema integrado de cadastramento de beneficiários. “Esse sistema traria transparência para os municípios”, observou Inês Magalhães no evento em Campinas (SP).

Financiamento

O vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Teotonio Rezende, disse que, apesar da atual conjuntura econômica, as famílias brasileiras continuam procurando casas para comprar. Prova disso é que seis milhões de pessoas fizeram simulação de financiamentos imobiliários no site da Caixa apenas no mês de maio, sendo 40% para imóveis do Minha Casa Minha Vida.

“Notamos que as simulações de financiamento foram feitas para unidades de até R$ 150 mil reais e por famílias com idade entre 25 e 35 anos”, disse Rezende, lembrando que o banco reponde por 68% do crédito imobiliário do país. “[A Caixa] não trabalha com redução de investimento em habitação de interesse social”, acrescentou.

Anunciada pela presidenta Dilma Rousseff em julho do ano passado, a meta da terceira etapa do programa Minha Casa Minha Vida é construir mais de 3 milhões de unidades até 2018. Trata-se de um número expressivo se comparado às 3,75 milhões de moradias contratadas desde a criação do programa em 2009.

Essa etapa consta de uma série de medidas do governo federal para retomada do crescimento da economia. Em junho, foram anunciados o Programa de Investimento em Logística (PIl) e o Plano Nacional de Exportações (PNE).

Fonte:

Portal Brasil e Caixa Econômica Federal.

Palavra do Cliente

VEJA OS DEPOIMENTOS DE ALGUNS DE NOSSOS CLIENTES

Por não ser residente do município, na verdade não conhecia a C2B, mas quando vi um folder sobre o anúncio e liguei, já fui bem atendida. A atendente me retornou a ligação e marcamos uma visita na obra. Eu gostei pelo fato de ser atendida por uma mulher, me senti mais a vontade. Me foi sanada as dúvidas e das condições que a imobiliária apresentava aos clientes, onde então foi apresentada minha proposta, a qual gostei da confiança que a imobiliária depositou em mim. Tudo foi resolvido pelas atendentes. Pra mim foi bem cômodo e após escolher o imóvel, tudo o que foi solicitado de reparos, foi feito dentro do prazo. Estou satisfeita com minha aquisição, principalmente porque tudo que foi prometido, foi cumprido!

Janaína Bresciani – Condomínio Villa Romana

Meu nome é Fernando. Adquiri uma residência pela C2B onde fui muito bem atendido, sempre com muita atenção. Hoje tenho meu lar onde sou muito feliz com minha família. Muito obrigado. Recomendo a todos. Grande abraço

Fernando – Condomínio Villa Romana

Foram mais de 15 anos pagando aluguel, sendo que até já tinha desistido de comprar meu imóvel, pois em todos os locais que eu ia me diziam que eu não conseguiria um financiamento. Até o momento de conhecer a C2B, onde me auxiliaram em todo processo da aquisição do meu apto, o qual representou um grande momento de realização da minha vida, isso porque como sempre digo: hoje tenho meu cantinho.

Ana Gomes – Ed. Minas Gerais 135